Pré e pós-tribulacionismo parte 02


VAMOS FALAR HOJE SOBRE 

Pré e pós-tribulacionismo parte 02

JESUS CRISTO TE AMA MUITO TÁ. 


Pré-Tribulacionismo

CURSO TEOLOGIA, ESCATOLOGIA, ARREBATAMENTO DA IGREJA.

PROFESSOR:

PASTOR JOÃO CARLOS MUNIZ

AULA COM O LIVRO ARREBATAMENTO DA IGREJA


Pré-Tribulacionismo,

Pós-Tribulacionismo

e Meso-Tribulacionismo


Pré-Tribulacionismo, Pós-Tribulacionismoa e Meso-Tribulacionismo são as diferentes posições acerca do Arrebatamento da Igreja, e dividem opiniões entre os cristãos, como praticamente todos os assuntos dentro da Escatologia Bíblica.
Neste texto, veremos resumidamente cada uma destas visões, porém o mais importante nessa discussão é que Cristo voltará, e sobre isto, as três interpretações concordam, embora discordem da cronologia do evento. Saiba também quais são as diferentes correntes escatológicas.

Pré-Tribulacionismo

 

Essa visão defende que a volta de Cristo se divide em duas etapas: secretamente para buscar a Igreja, e em glória, sendo visível a todos após o período de grande tribulação. É por conta desse arrebatamento secreto que essa posição é chamada de Pré-Tribulacionismo.
O Pré-Tribulacionismo está diretamente ligado ao Dispensacionalismo Clássico, e ao método futurista e literal de interpretação do Apocalipse, embora nem todos que adotam o método futurista são Dispensacionalistas Clássicos. Existem muitos futuristas que são Pré-Milenistas Pós-Tribulacionistas. Conheça os métodos de interpretação do Apocalipse.
No Pré-Tribulacionismo, geralmente existe uma completa distinção entre a Igreja e Israel. Os pré-tribulacionistas dizem que, basicamente, Jesus veio para os judeus, porém os judeus O rejeitaram, e, então, ele suspendeu temporariamente seus planos para Israel, e é aí que aparece a Igreja, como uma espécie de “parêntese” na história.
Portanto, como existe um plano especial para Israel, a Igreja será tirada da terra antes da grande tribulação, que será um período onde a ira de Deus será derramada sobre os ímpios que ficaram na terra, e também um momento especifico no tratamento de Deus com Israel.
No Pré-Tribulacionismo, como existe essa distinção entre os dois povos, e a Igreja não tem nada a ver com o tratado de Deus a respeito de Israel, então ela não poderá estar na terra nesse momento. Esse período de grande tribulação durará sete anos, considerando uma abordagem das setenta semanas de Daniel (Dn 9) e um esquema de leitura do livro do Apocalipse (principalmente o capítulo 13), que no caso seria propriamente a septuagésima semana.

Os textos mais utilizados para defender o arrebatamento pré-tribulacionista são: Romanos 8:1, 1 Coríntios 15:51, 1 Tessalonicenses 1:10; 4:17;5:9 e Apocalipse 3:10. Outro argumento muito usado é que, após o capítulo 3, a palavra “Igreja” não é mais encontrada no livro de Apocalipse até aparecer novamente no final do livro. Dentro dessa linha de interpretação, durante o período de grande tribulação a Igreja estará no céu participando das Bodas do Cordeiro.

   

Meso-Tribulacionismo

 

O Meso-Tribulacionismo defende que a Igreja será arrebatada no meio da grande tribulação. Sendo a tribulação um período de sete anos, então haverá três anos e meio de paz e três anos e meio de muita dificuldade. Esse sistema tem muita similaridade com o Pré-Tribulacionismo, porém se difere na ideia de que o arrebatamento ocorrerá quando os três anos e meio de paz terminarem. Existem meso-tribulacionistas que defendem que a grande tribulação não terá necessariamente sete anos de duração.
A principal defesa do Meso-Tribulacionismo é uma cronologia dada em 2 Tessalonicenses 2:1-3, onde o Anticristo parece ser revelado antes do arrebatamento da Igreja, além de uma combinação entre a trombeta de 1 Coríntios 15:52 com a trombeta de Apocalipse 11:15.

Pós-Tribulacionismo

 

O Pós-Tribulacionismo defende que o arrebatamento e a segunda vinda de Cristo tratam-se de um único evento, e que ocorrerá após o período de grande tribulação. Nessa interpretação, a Igreja passará pela grande tribulação, que não precisa ser necessariamente um período de sete anos. Dentro do Pós-Tribulacionismo existem Amilenistas, Pós-Milenistas e Pré-Milenistas que defendem tal posição.
Os principais argumentos pós-tribulacionistas se baseiam em:
·          
o    Jesus em Seu Sermão Escatológico nos Evangelhos de Mateus (24), Marcos (13) e Lucas (21), deixou claro que só voltaria após o período de grande tribulação.
o    Em 2 Tessalonicenses 2:3, o apóstolo Paulo afirma que antes de Cristo voltar o Anticristo se manifestará.
o    2 Pedro 3, o apóstolo Pedro também descreve a vinda de Cristo como um evento único.
o    No livro do Apocalipse em nenhum momento é mencionado duas fases da volta de Jesus, e quando a segunda vinda é descrita, ela ocorre após o período de tribulação.

Fonte, site, data 06-03-2020

FIM


CONHEÇA NOSSO SITE

Autor do livro: Pastor João Carlos Muniz

QUE CRIOU O DIA INTERNACIONAL DO ARREBATAMENTO DA IGREJA. FOI CRIADO O DIA INTERNACIONAL PARA FALAR SOBRE O ARREBATAMENTO DA IGREJA
Criado pelo Pastor João Carlos Muniz, autor do Livro Arrebatamento da Igreja


Data da criação: Dia 07 de Março de 2020

Será no mesmo dia em que se comemora o dia do Pastor evangélico no segundo domingo de Junho de cada ano.

Para todo o povo de Deus falar sobre o Arrebatamento da igreja, dentro da igreja e fora da igreja fazendo um evangelismo nos bairros, cidades, rádios e na internet. Será no mesmo dia do pastor evangélico no segundo domingo de junho de cada ano.

E quem não comemorar esta data nem falar sobre este assunto é porque ele não crê, não acredita, não prepara a Igreja para o dia do Arrebatamento e não será Salvo.

Marcos 16.15,16 diz: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.




CONHEÇA NOSSO SITE DE GINCANA BÍBLIA 






(Clique na imagem para ela ficar em tamanho maior)



CONTATO COMIGO PASTOR JOÃO CARLOS MUNIZ:


FALE CONOSCO PESSOALMENTE NO ENDEREÇO ESCRITÓRIO:


Fone com WhatsApp

31 9 8789 33 53 

31 9 9671 87 23 

31 3353 82 11 - Escritório da imobiliária 

Pastor João Carlos Muniz 

OUTROS SITES:









COLOQUE SUA PUBLICIDADE NESTE ESPAÇO ABAIXO:

Preço em cada Página: R$ 20,00 por mês x 12 meses = R$ 240,00 por ano.
Temos 8 sites na internet para você anunciar assim.

FALE CONOSCO - WhatsApp 31-9 8789 33 53 - Pastor João Carlos Muniz 
Betim, MG, Brasil 




Nenhum comentário:

Postar um comentário